Alimentação Saudável na Quaresma

Estamos no período da quaresma, vivendo o período pascal com amor no coração e com momento de reflexão acerca dos últimos dias de vida de Jesus.

Paralelo ao sentimento de fraternidade as ofertas de doces, bombons, ovos da páscoa, biscoitos recheados, pirulitos, leite condensado, tudo à base de chocolate é uma tentação estimulante ao consumo desses alimentos. Se é difícil ao adulto resistir, imaginemos a criança, diante de tantos atrações. E como sabemos, é o cacau que nos vicia por essas guloseimas, pelas características e benefícios que oferece: rico em flavonóides – componente antioxidante que evita várias doenças; contém cafeína e teobromina – substâncias com efeitos estimulantes, colaborando para um raciocínio mais rápido; ajuda na produção de neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar como a serotonima; contém vitaminas e minerais. Mas esses chocolates apesar de tão gostosos prejudicam nossa saúde. E sabem por quê? Porque são ricos em gorduras e açúcares, eliminando todos os benefícios do cacau e criando na pessoa o vício pelo doce.

PORTANTO, CUIDADO!

O açúcar é perigoso para nossa saúde e das crianças também. Ele é o grande responsável pela obesidade, diabetes e todas as doenças vinculadas ao excesso de peso.

A SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA RECOMENDA:

  • Criança de 0 a 2 anos de vida não deve comer nada com açúcar.

NÓS AFIRMAMOS:

  • Diante de todas as informações é importante ter consciência de que não é todo dia que se deve comer esse alimento.
  • Nessa Páscoa opte por chocolates com maior teor de cacau (50, 70, 85%), pois possuem menos açúcares e também são saborosos, lembrando sempre da quantidade, porque equilíbrio é tudo!

VAMOS COMEÇAR ESSE EXERCÍCIO?

Faça um comentário

Quer falar com a Escola? Comece aqui